30/07/14

Creme de Couve flor e uma pausa nas gordices....

Bom, como comentei na postagem anterior, estou a procura de vida mais saudável e um corpitcho mais em cima, apesar de já estar esbarrando nos “enta” (cof cof cof... hómaygódy)....

Fui apresentada estes dias a um shake (Ana – Shake, Shake – Ana), pra redução de peso. Sempre tive minhas dúvidas e fui meio cética quanto a estas coisas. Mas como sou meio São Tomé, tenho de ver pra crer... Lá me fui, com força, coragem e determinação.

A moda do shake acabou pegando por aqui!

Mas pra falar a verdade, essa moda aqui não será passageira já que, o shake, está de fato funcionando e vamos tomar provavelmente forever. Me condicionei em tomá-lo no horário de meu almoço, até porque fica muito mais prático, chegar e estar praticamente pronto (não precisando nem lavar o liquidificador ... Anita com preguiça!)

Por consequência disto, marido também entrou na onda do Imperador shake e pra quem no início dizia ser um “trem horrível”, acho que está me saindo muito bem.

Na primeira semana, só dizia: -vou ter que tomar o treco ruim de novo?

- Sim meu fio, todos os dias se quiser minha deslumbrante companhia, magra linda e poderosa!!!

Mas pra informação, o shake não é nada ruim, aliás, é bem gostoso e dá "sustança"!!

O melhor de tudo é que a barriga some e a gente fica super mega blaster felixxxxx da vida!

Já estamos tomando a quase 1 mês, eu já emagreci 5 kg. Mas calma aí minhas senhoras, não vão pensando que o shake é milagroso sem dieta. Ele ajuda a emagrecer sim, mas claro fazer dieta também faz parte do processo.

Por isto, eu e marido, sempre que possível, estamos cuidando do que comemos quando chegamos em casa, coisas mais lights e menos “engordativas”. Temos apostado em caldos e sopas, porque aqui o clima, está de congelar pingüim...

Mas chega de blá blá blá e anote a receita aí ;)

Creme de couve-flor


900g de couve flor ou 01 cabeça média/grande (sem o talo principal – o mais grosso)
01 cebola média
120g de creme de leite light
1200ml de leite desnatado
Sal Pimenta do reino preta moída
Raspas de Noz moscada
Azeite de boa qualidade
Tempero Verde (salsinha ou cebolinha)

 Pique a cebola em pedaços miúdos e leve a panela com azeite. Frite a cebola até ela ficar translúcida. Junte a couve flor picada, incorpore ao azeite com cebola. Antes que a couve flor e a cebola fiquem douradas, junte o creme de leite e um pouco do leite. Coloque um pouco de sal, a noz moscada e a pimenta do reino preta moída. Cubra com o restante do leite. Cozinhe em fogo brando, até metade do líquido da panela ter reduzido. Tire o excesso do líquido e processe a couve flor, até que vire um creme liso. Antes de servir, salpicar o tempero verde e “risque” o creme com um bom azeite. Sirva quente e manda pra dentro!!

PS1.: O Shake o qual me referi acima, é o da Herbalife, do Espaço Saudável da Andrea Câmara, Calçadão da cidade de Ponta Grossa-PR,em cima do Magazine Enxovais. (pessoas de PG City, apareçam por lá e digam que fui eu quem indicou, senão eu “pegovocêsnasaída”....)

PS2.: Povo da Herbalife, comenta aí, pelo menos um OI... ;)

PS3.: Lembram do PS4 da postagem anterior, pois é, ainda não lembrei... (preciso de algo pra memória. :P)

 Bjsno6td!

25/07/14

2 anos e 6 meses do Henrique e o regresso aos poucos (academia)

No dia que nos tornamos mãe, deixamos de lado o lado mulher, para se dedicar exclusivamente a nova função, pelo menos por algum tempo, e cada mãe tem o seu tempo, para querer retomar a sua feminilidade e resgatar aquela mulher de antes, mas sabendo que agora, pro resto da vida ela vai ser mãe, sem esquecer que é esposa e mulher.

No meu caso não foi diferente, nos primeiros dias após o nascimento do meu filho, a minha vontade era de ficar de pijama o dia inteiro, e pelo fato de estar inchada pelo corte da cesárea, tinha que colocar as roupas largas que usava na gravidez, mas isso pra mim era o que menos importava, eu só pensava em cuidar bem do meu bebê. Quando tinha que sair de casa, só dava uma batida no cabelo, colocava qualquer roupa que servisse e saía.

E por último, tava ali desanimadinha da vida, não tava malhando, nem fazendo minha dieta direito. Ou seja, tava meio fofinha, comendo tudo que via na frente, não queria fazer nada, porque quando a gente para de se exercitar, olha minha amiga, não é fácil! Dá preguiça, e essa preguiça dá fome, e essa fome engorda, e essa engordada deixa a gente triste, e vai levando a uma série de coisas que não são nem um pouco legais. Mas como sou uma pessoa bem focada, e bem determinada, to me esforçando e voltando com tudo pra academia, pra dieta, enfim, pra ter uma vida mais saudável e bem melhor!

Agora, meu filho já completando 2 anos e meio (dia 29/07), as coisas já estão bem aos seus lugares. Já retornei a minha vida profissional, minhas panelas (marromeno né manél?), agora só falta mesmo é a academia... Hoje passei assistindo vídeos de boby combat (que eu amo) pra ver se anima e volto mais rápido... Verão ta aí, e não dá pra ir de moleton na praia né? Então...”borá se mexê” que o tanquinho não cai do céu e além de mãe... podemos ser lindasssemarrrravilhosas!

Como comentei, às panelas, estou voltando aos poucos, até pra não engordar e suar dobrado na academia, então segue duas receitas bem simples, sobremesa e prato principal, que mesmo de dieta, pode exagerar na porção.

CREME DE MAMÃO

02 mamões maduros sem casca e sem sementes
01 copo de iogurte natural desnatado
 02 colheres de sopa de suco de limão
01 colher de chá de canela em pó Adoçante light, caso prefira

Corte os mamões em pedaços e coloque no liquidificador. Junte o iogurte, o suco de limão e a canela. Bata até obter um creme liso. Acrescente adoçante a gosto. Coloque em um bowl e leve à geladeira. Decore com raspas de chocolate 70% cacau e sirva.

SALMÃO GRELHADO COM COGUMELOS
02 postas de salmão sal a gosto
03 dentes de alho picados e amassados pimenta do reino a gosto
Suco de 1 limão

MOLHO:
01 colher de manteiga
01 vidro pequeno de cogumelos em fatias
01 colher de sopa de shoyo
Sal e pimenta do reino branca a gosto

Faça o tempero das postas de salmão com alho, sal, limão e pimenta. Deixe marinar por meia hora. Coloque as postas de salmão para grelhar até dourarem. Na hora de fazer o molho,derreta a manteiga, refogue os cogumelos. Adicione o shoyo. Tempere e coloque sobre o salmão grelhado.

Fonte: Tio Google.



PS1.: Gostaria de registar meu big beijo aos que sempre mandam email, mesmo eu estando afastada... vida de mãe, profissional e esposa, não é mole...dá trabalho, o tempo é curto!

PS2.: Uma abraço pra minha equipe em Lojas Coppel. Povo do Crediário... Uhhhuuu!

PS3.: Fotos do meu pitchuco em casa e na chácara do vovô...







PS4.: Esqueci o que era o PS4... na próxima eu lembro!

Até a próxima... bjno6td!

30/09/13

Meus Sonhos, Voltando trabalhar e o aniver da Minhas Tuas Nossas Receitas

E o tempo voa e quando nos damos conta já faz quase um ano que estive por aqui... affff! Mas a vida nos bastidores foi mais ou menos assim, acompanhem...(pelo menos uma parte dela)

Então, depois de 3 meses no seguro, chegou o dia de tirar as pantufas, passar uma base na cara e ir trabalhar.
E eu fui.
Encarnei a personagem, e encarei... gerente novo, colegas novos, vida nova...

(dúvida de etiqueta trabalhística: posso levar 14 fotos do meu filho e estampar minha bancada?)

Circulei pelos corredores, sorri para colegas e tomei cafezinho no meio da tarde. Satisfação momentânea...

 Porém, lá bem no fundinho, algo me diz: quedê a satisfação, gente? Quedê o poder, quedê o orgulho de mulher multifacetada? Ninguém sabe ninguém viu. Em vez de orgulho, eu pensei em por que caralhos a pessoa se meteu a trabalhar (mais outra vez)? E pensei que meu filho ainda é muito pequeno e não está pronto pra se virar sem mamãe. E pensei que eu trocava, base, mesa, computador, sorrisos e cafezinho por duas cafungadas bem dadas na fuça do meu pitchuco. Ai, como mãe sofre.

 Mas o fato é que... Deve ser só o choque do começo. A verdade é que eu tive estes meses inteirinhos de cafungadas, mas o dever chama, as contas pra pagar também e é hora de mudar um pouco a rotina. É tudo uma questão de readaptação. E, hoje em especial, segunda (30/09) é dia de folga. Folga abençoada acompanhada de muita chuva e frio aqui em PG City. Amanhã deixo meu “tuti tuti” outra vez, e encaro o batente abençoado por Deus e Cia Ltda....

Realmente foram muitas as histórias, dramas e risos neste período de ausência, que com o passar dos dias e se a minha internet ajudar, vou contar ainda...

Esta é apenas uma das últimas e, depois de longo tempo dedicando-me a cafungadas em bebê, acompanheirar marido e zelar de casa, o blog ficou às baratas virtuais... Aí, esta semana, minha amiga Marnia, amiga de Orkut, blog, fóruns e face, me convidou a participar da festa de 7 anos de sua página... lógico que eu não poderia faltar...

Então amiga, aqui está minha singela contribuição para o momento, em meio as correrias do meu-dia-a-dia:

Sonhos de Creme ou Marmelada

Para a massa:
03 tabletes de Fermento fresco para pão
01 colher de café de Sal
250 ml de Leite morno
03 colheres de sopa de Açúcar
02 colheres de sopa de Manteiga
03 Ovos
750 g de Farinha de trigo

 Para o recheio (Opção 1):
01 lata de Leite condensado
A mesma medida da lata de leite condensado de Leite Comum
02 gemas
02 colheres de sopa rasas de amido de milho
01 colher de sopa de manteiga
Essência de baunilha

Dissolva o fermento com o sal e acrescente o leite morno, o açúcar e os ovos. Em seguida, mexa para que os ingredientes se misturem. Adicione a manteiga em temperatura ambiente e vá acrescentando a farinha, aos poucos. Depois, mexa até dar o ponto na massa. Sove, então, sobre uma superfície enfarinhada e deixe descansar por cerca de 10 a 15 minutos.

Feito isso, abra a massa com o auxílio de um rolo. Modele os sonhos com cortador redondo e acomode cada um deles em uma assadeira retangular, polvilhada apenas com farinha. Deixe descansar por cerca de 20 minutos, para que dobrem de volume. Depois, frite em óleo não muito quente e escorra.

Açúcar e canela para polvilhar
 Óleo para fritar

Recheio (Opção 1)
Em uma panela, coloque o leite condensado, o leite (reservando um pouco), o amido de milho - dissolvido no leite reservado - e as gemas. Cozinhe tudo em fogo baixo, até engrossar (cerca de 6 minutos). Desligue e adicione raspas de limão ou essência de baunilha. Abra, então, os sonhos com o auxílio de um tesoura e recheie-os. Por fim, polvilhe açúcar e canela.

Recheio (Opção 2)
Marmeladas em cubos pequenos

 OBS.: Eu fiz as duas opções de recheio. Na Marmelada (Opção 2), usei em cubinhos e coloquei-as na massa crua, antes de fritar os sonhos.

 Receita: Palmirinha Onofre

Espero que tenham gostado!
Bjno6td...

03/07/12

As Genéricas desta Vida e o Filé de Mignon com Molho de Requeijão e Batata Palha

Durante um daqueles in dignos e embaraçosos momento de dar um “tapa” na make, arrumar a calcinha blusa no banheiro coletivo da empresa, quando uma mocinha “mui” simpática, aprendiz a pouco contratada na empresa, vira pra mim e diz:

- Descobri com quem você parece! Eu tava tentando lembrar...

E eu respondo na mesma simpaticidade:  - Com quem?

 * PAUSA - MOMENTO REMEMBER *

Quando eu era criança, cismei que parecia a Claudinha Teles. Tivemos uma Babá, a Desirrè, que teimava em me chamar assim. E eu acreditava coitada, cantarolááááva que só! Devia ser por causa das madeixas negras, e o glamour da vida de artista, que eu me via nela! De modo que sempre que alguém me falava Mesmo depois de adolescente): "você parece aquela moça...", eu toda prosa pensava na Claudinha. Verdade que quase sempre a pessoa completava assim: "... a Claudia Raia!", mas ok. Mais tarde eu virei, dizem, uma cópia da Julianne Trevisol (isto dito por mamá), e como eu trabalhava com eventos, as pessoas apostavam que poderíamos ser irmãs. Ok, super digno. Sendo então uma mistura de Claudinha Teles (né Dê?), Claudia Raia e Juliane Trevisol, tô felizona, tô pitéu, tô no lucro. 

* DESPAUSA*

Então, mocinha ia dizendo que eu parecia com alguém, e eu ("Claudinha Teles, Claudia Raia, Juliane Trevisol...?") fiquei esperando ela completar o raciocínio - com altas expectativas, notaram? E ela completou assim: 

- Aquela, aqueeeelaaa, "Contornei!"... Maria Clara Gueiros da Zorra Total!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk!!! Ataque fulminante de riso (mas ataque de riso in-ter-no, porque eu não queria parecer a louca da empresa ali no banheiro com uma guria que, só quis ser agradável, or not).

GÉ-ZUUUUIIIIZ!!

Prazer, Claudinha Teles

 Prazer, Julianne Trevisol 

Prazer, Maria Clara 

E não é que, pensando beeeem, é verdade mesmo? O jeitão, e a maneira muitas vezes desengonçada de mãos, caras, bocas e observações, pelo menos das personagens que minha “clone” interpreta, sou eu em 99% das vezes, e o pior de tudo... sem querer...

Eu achava que eu era ÚNICA ESTABANADA (ou que ninguém reparava)! kkkkk.

Mas não me importo com meu jeito de ser, que fique claro. Até gosto de ter esta maneira tresloucada, pelo menos eu me divirto tan-to, mas TANTO com a minha autoimagem delirante, que benza Deus, viu? Muito melhor que moooointas caras feias que tenho o desprazer de ver todos os dias... affff! :(

Agora concordem comigo, a pessoa acreditar no julgamento da própria mãe e se achar A CARA da Julianne Trevisol é muito amor, né? Terapia pra quê? (Te amo, manhêêê)

Depois desta, só falta saber com quem meu pitchuquinho irá se parecer... Se bem que, sendo com o papai, já tá lindo e maravilhoso d+, não acham?

Mas no fundo até fiquei feliz... poderia ter sido beeeeem pior... Poderia ter sido a Janéti! kkkkkkk




Melhor ir pra cozinha......

Filé Mignon com Molho de Requeijão e Batata Palha


1 kg filé mignon
1/2 cabeça alho
Azeite de oliva
Cubos de Bacon
1 pacote de batata palha
1 pote e 1/2 de requeijão


Corte o filé mignon em medalhões de 2 cm de espessura. Em uma frigideira, com um pouco de azeite doure o bacon, retire e reserve. Doure os medalhões até que eles estejam cozidos, mas não fritos e reserve, também, em uma forma separadamente. Após pique o alho e acrescente o azeite de oliva a gosto.



 Derrame essa mistura de alho e azeite de oliva sobre os medalhões que estão reservados na forma. Reserve o molho que soltou da carne na forma e junte o requeijão, enquanto isso, coloque os medalhões no forno e deixe cozinhando em forno médio uns 20 minutos.

 Acompanhamentos


Depois de pronto o molho de requeijão derrame sobre os medalhões de filé e acrescente a batata palha por cima. Sirva com arroz branco cozido com alho e vinho branco seco.



* Fonte Receita: Internet

PS.: Um big beijo pra minha amiga PEPA, que furou fila e me pôs na frente de outros blogs pra comentar. Valeu migááá! Edesculpaaemeupovo!

24/06/12

As surpresas, o Risoto de Camarão e Salmão Grelhado.



Veja como tudo na vida da gente dá-se um jeito, nem que pra isto dê correria...

Na noite do dia 19, véspera do meu aniversário, meu mozi cut cut,  muuuuuiiiito lindo, carinhoso, salve, salve...  saiu escondido pra comprar um bolo, que eu a-mo-de-pai-xão (marta rocha) pra surpresa da manhã seguinte. Comprou e guardou na geladeira, pra que eu não soubesse de nada.

Naquela noite nem o jantar me deixou fazer, pra não correr o risco que eu abrisse a geladeira... não vou mentir que achei estranho, porém, ameiiiiii por não precisar esquentar a barriga no fogão... até pensei com meus botões... “MOZI SOZINHO TOMANDO CONTA DA COZINHA?!? UAUUUU”  e eu sem saber de nada, inocente não vi, tanto que no dia do aniversario quase taquei o cabelo no bolo e o Henrique a mão, como já contei na postagem anterior (você que não viu, cricaakió).

Mozi, me levou pra trabalhar e escondidoooo novamente , saiu pra comprar os ingredientes pro almoço surpresa. Bom, foi no mercado comprar um arroz especial, camarão, salmão, e ervas finas, mas nesta cidade que nos conduz, onde de dia falta água e a noite falta luz, só achou as ervas finas, o arroz e a batata. (Também pudera, se não achasse nem batata... melhor mudar de cidade urgente!)
Tadinho, esqueceu que moramos numa cidade onde camarão e salmão é lu-xo benhê!

Então, sai o coitado desesperado de mercado em mercado, quitanda em quitanda, de boteco em boteco (não sei se ele não aproveitou e tomou uma cervejinha também... kkkkk ) pra achar o restante.
Na corrida desesperada atrás de camarão e salmão, teve uma ideia de girico... ir pra Curitiba até o mercado público pra buscar (juro que se fosse comigo, já tinha virado pra um virado de couve... não é falta de amor... é preguiça mesmo...mozi não leia isto...). E não é que ele foi mesmo...

Só abasteceu o carro e se atirou! E eu inocente, ligava pra ele pra sabe onde essa criatura estava, e ele “estou em casa” E o “bunito lá em Curita”... Pra sorte minha e alegria do nosso almoço dá apenas  100km de distancia daqui.

Comprou tudo, voltou pra casa, fez o almoço e digo a vocês, estava fan-tás-tico!

Confere ai a imagem e a receita:

Risoto de Camarão e Salmão Grelhado


Para o Salmão
500g de salmão temperado com sal grosso e pimenta
Azeite

Coloque-os em uma grelha, de preferência mais alta que as normais, para que fique grelhando sem pressa
Acompanhe com batatas cozidas, regadas com azeite e ervas finas


Para o Risoto
02 L de água
02 xic de arroz arbóreo
02 tabletes de caldo de camarão
1 1/2 cebola 
03 colheres (sopa) de manteiga 
1,5 Kg de camarão médio
01 copo de vinho branco seco
01 copo de creme de leite fresco
1/2 limão
sal à gosto

Tempere os camarões com limão e sal. Coloque em uma panela, 1 colher de manteiga e 1/2cebola picada. Refogue rapidamente os camarões e depois reserve-os para colocar no final do risoto. 





Comece o risoto: Coloque 2 colheres de manteiga e uma cebola cortada miudinha na panela. Refogue até ficar transparente. Em seguida, coloque o arroz e mexa. Quando começar a secar, coloque o vinho branco. Deixe evaporar a metade. Adicione uma concha do caldo de camarão e continue mexendo. Quando o arroz estiver secando novamente, coloque mais uma concha do caldo, sempre mexendo. Continue a operação, até o arroz ficar al dente (e sobrar um pouco de caldo, que deverá ser reservado). Esse cozimento leva aproximadamente 30 minutos em fogo médio. Adicione sal, se necessário. Misture bem os camarões e o creme de leite. Para finalizar, junte a última concha de caldo e vá mexendo. retire do fogo e coloque numa travessa.


Sem dúvida alguma... uma delícia!

Os dois homens da minha vida, hoje, na chácara di pópi
Mozi...brigada! Amo vc.

Ps1.: sou totalmente “dããã” pra surpresas... nem desconfio
Ps2.: meu mozi é ótimo em esconder coisas (isto pode ser perigoso! Òhmay...) ¬¬
Ps3..:  Um viva pra capital e um big abraço pro pessoal da peixaria, que salvou minha surpresa.

*Receita retirada da Internet segundo informação de mozi.