03/04/2008

CROQUETA DE PAPAS

O croquete, original kroketten em alemão, ou croquette em inglês ou francês, foi uma invenção holandesa, introduzida nos Países Baixos no começo do século XX por um padeiro chamado Kwekkeboom, holandês que viveu na França. Em 1909, ele chegou a receita de croquete recheado, adaptado dos bolinhos franceses que usavam todos os tipos de recheio.
.

O croquete é um tipo de salgado, recheado ou não, com carne desfiada, normalmente bovina, mas pode ser preparado com aves, peixes ou somente de legumes. Muito popular nos países latinos, é encontrado em suas diversas variantes em muitos lugares do mundo. São encontradas receitas que variam recheios desde carne moída, até salmão entre outros. Também são encontrados variações com queijo e somente de vegetais como batatas. Na Holanda é tanto o consumo, que existem até máquinas da iguaria...


VARIANTES DE NOME E RECHEIOS:
.
Bangladesh: similar ao alu-tikki indiano, o alu-chop é um croquete de batatas servido como aperitivo. Além do recheio de batatas, também é encontrado um tipo feito de carne.
.
Cuba: normalmente feitos com presunto, porco ou frango (ou mesmo um misto dos três anteriores).
.
Espanha: são típicos os croquetes de frango.
.
Filipinas: chamado de croqueta é um prato trazido com a colonização espanhola, a receita local do croquete é um de purê de batatas, recheado com peixe desfiado.
.
Índia: pode-se encontrar um croquete chamado alu-tikki. Algumas vezes é chamado de cutlet e é usado como variação de hambúrger vegetariano em redes de fast food.
.
Japão: uma variação do croquete é chamada de korokke. É bastante comum e pode ser preparado com batatas e outros vegetais, com uma pequena quantidade de carne suína ou bovina. A versão cilíndrica do korokke também é servida, neste caso com recheios típicos de caranguejo.
.
México: tipicamente são preparados com atum e batatas somente.
.
Uruguai: recheados com frango, carne bovina e também somente de batatas, semelhante aos da República Tcheca.
.
República Tcheca: o krokety é um pequeno bolinho feito com batatas, ovos, farinha e fritas em óleo quente.
.
Bom, mas chega de papo e vamos a receita:


CROQUETAS DE PAPA
.
05 batatas grandes cozidas com sal e espremidas
03 dentes de alho cru amassados
03 colheres de sopa de tempero verde
04 colheres de sopa de queijo ralado
Sal e pimenta a gosto
02 gemas cozidas e moídas
02 ovos
Farinha de rosca
.
Junte os seis primeiros ingredientes, formando uma massa bem homogênea, suave que possa ser modelada, modele a gosto, passe na farinha de rosca, nos ovos batidos e novamente na farinha de rosca. Frite em bastante óleo quente, sempre rolando-os para que não estourem no fritar. Retire assim que estejam douradas.
.
Dicas Anita:
Não vai trigo, porém, deve ter atenção porque a alguns tipos de batatas que são mais "aguadas", então vai umas dicas:
- Use batata da rosa (ela tem mais amido) é mais sequinha, e
- Se usar da branca, e sentir que esta muito mole a massa, colocar uma colher de sopa rasa de trigo, só para se se possa modelar. Mas a massa fica muito suave, macia... Deve tomar cuidado ao fritar, em bastante óleo quente, fritando aos poucos, e virando sempre, para que não estourem...

4 comentários:

Magia na Cozinha disse...

Adorei! Parecem deliciosas. Sou batateira, hehe...
Beijocas

Marizé disse...

Mais um post didático, que deu muito prazer em ler.

Bjs

Receitas da Filipa disse...

Anita adorei os seus croquetes, ainda nunca comi assim mas vou experimentar.
Gostei de ficar a conhecer mais sobre os mesmos.

Beijinhos

claudia disse...

Eu adoro croquetes, mas geralmente de carne, já vi de milho mas destes ainda não provei e devem ser deliciosos!