18/05/2008

Postre CHAJÁ

Segundo informações obtidas o Postre Chajá, é uma sobremesa típica do Uruguai e nasceu em 27 de abril de 1927. Seu criador foi Orlando Castellano, proprietário de uma confeitaria na cidade de Paysandú.

Chajá, deve-se ao nome de uma ave natural da América do Sul, sendo no Uruguai o lugar de presença mais freqüente desta ave, já que habita lugares de pouca elevação e próximo de águas doces, lagos e lagoas. Domesticadas com facilidade, alimentam-se de vegetais, tem a particularidade de defender os mais novos da espécie. É uma ave de plumagem abundante e corpo muito leve.

Segundo contam, esta pessoa, ao observar esta ave, com tanta plumagem aerada e de corpo tão leve, o comparou a sua sobremesa, adotando então este nome.

Não se pode negar, que o Chajá, realmente é leve e de uma harmonia fabulosa em seu visual. O que posso contar? Que ficou magnífico...

Ahhhhh... Também não posso esquecer de agradecer ao meu auxiliar de cozinha (aspirante a cozinheiro... hehehe) Julio, que me ajudou na confecção deste quitute... ;)



PÃO DE LÓ
04 ovos inteiros
04 colheres de sopa de açúcar
04 colheres de trigo
Essência de baunilha a gosto
.
MERENGUE
04 Claras
1/2 xícara rasa de açúcar
1/2 colher de café de cremor tártaro
.
RECHEIO
300g de creme de leite fresco e cremoso gelado (com alta % de gordura)
100g de açúcar de confeiteiro
Essência de baunilha
.
DOCE DE LEITE
200g de doce de leite ou 01 lata de leite condensado cozida em panela de pressão por 30 minutos.
.
ADICIONAL
01 lata de pêssegos em calda
300ml de Chantilly
.
Pão de ló: Bata os ovos com o açúcar. Até dobrar de volume. Reserve. À parte, junte a essência com o trigo. Junte esta mistura, a mistura de ovos reservada, mexendo suavemente. Coloque em assadeira untada e forrada com papel manteiga. Asse em forno moderado até dourar. Fiz três discos de 18 cm de diâmetro. Pode fazê-lo adiantado, ou comprá-lo em uma boa padaria.
.
Doce de leite: amolecer um pouco o doce com uma colher de sopa da calda do pêssego e ir provando até que se torne um creme que possa distribuir com facilidade. Coloque o doce amolecido com a calda, numa manga de confeitar.
.
Merengue: Bata as claras em neve e junte o açúcar aos poucos. Por último acrescente o cremor tártaro. Ponha em uma manga de confeitar. Faça placas e leve para assar em fogo mínimo, até secar. Você vai usá-lo picado pra misturar no creme do recheio e para decorar. Fiz alguns pingados para usar na decoração.
.
Recheio: Bater o creme com o açúcar e a essência até que fique bem espesso.Adicional: Corte os pêssegos em pedaços pequenos, reservando duas metades para decoração.
.
MONTAGEM
Para a montagem, utilize um aro de 20 cm de diâmetro X 15 cm de altura. Faça camadas na seguinte seqüência:
1 – Pão de ló, molhado com um pouco da calda do pêssego.
2 – Recheio de creme de leite.
3 – Pêssegos picados.
4 – Distribuir parte do doce de leite com a manga.
5– Merengues em pedaços, e também espaçados
6 – Repetir a seqüência, terminando com o disco de pão de ló.
.
Caso fique um pouco mais alta que as bordas do recipiente, não se preocupe, pois logo irá baixar um pouco, pelo fato do peso e da umidade. Leve para gelar por pelo menos 6 horas. Depois de bem gelado, retire o aro. Termine de decorar com Chantilli, o restante do merengue picado e os pêssegos reservados.


16 comentários:

Jani disse...

Nossa Ana que coisa maravilhosa esse chajá.Parece sobremesa dos deuses e deve ser uma verdadeira delícia!Hummmm.Parabéns!!!

Magia na Cozinha disse...

Que arraso Ana! Ficou linda demais! Nunca comi, mas deve ser deliciosa!
Bjs

Bela disse...

Divinal...
Palavras para k?
Vem visitar-me ao mei blog e deixa comentário, ok?
Bjinhos

Laurinha disse...

HummmmmmDelícia!!! Fiquei com vontade de experimentar!
Beijinhos,

Ziza disse...

Tentação!!!

Filipa disse...

Anita que bom aspecto! Devia estar delicioso!

Beijinhos

Luciana Macêdo disse...

Não conhecia nem a ave nem esta delícia de sbremesa. Olhando e admirando parece super fofa.
Bjs!

Marluce disse...

Nossa!!! Esta sobremesa alem de bonita parece ser deliciosa. Vou tentar faze-la neste fim de semana. Vc devia ter postado a foto de uma fatia dela (cortada), pra a gente poder ve-la "por dentro".Mais valeu!!! Parabéns.

Marcia disse...

Adorei a história do Chajá. E adorei as fotos e a receita da sobremesa. Bom ajudante vc tem..ihihih

*Carol Porne* disse...

Olá!

Esse tal de Charjá deve ser uma delícia...só a cara dele já me fez ficar com água na boca!

Beijos e boa semana!

Val disse...

amiga que arrazo,de pois do almoço ate que iria um pedaço desse bolo hummmmm.. lindo.

Roberto disse...

Nossa Anita... fez lembrar da minha infancia, faz anos que nao como Chajá. Afff
beijo no seu coraçao amiga !

*-._.-* Anita *-._.-* disse...

Amigos(as) obrigada pelos comentários...

Roberto... realmente é delicioso! Quando provei a primeira vez, me apaixonei! hehehehe

bjssssssss

sabrina disse...

O postre chaja é o mesmo postre riveli que vende em rivera na confeitaria metropolitana?????

magali disse...

a sobremesa Riveli fazem so na Confeitaria Metropolitana em Rivera o bolo de 1 kg uma delicia, o Chajá e tìpico de Paysandú. MAGALI

evafarias disse...

euja comi e fiz mto chaja e uma sobremesa q agrada a todos,minha flia me pediu a receita p fazer p/festas natalinas,recorri ao site pois nao lembrava dos ingredientes.

uma duvida:postre riveli e chaja e a mesma sobremesa?