30/05/2009

SOUFLÊ DE PESCADO

Comer peixe é bom, mesmo que tenha muita gente por aí que ainda torça o nariz, dizendo que Peixe: tem espinhos, não tem pele, e é sem sabor... É o pessoal do contra! Mas em contrapartida, temos nós, loucos vorazes amantes de peixes de todas as cores, formas e tamanhos. Claro que isto implica também em criar algo e deixar o que é bom, melhor ainda... E isto é possível, sem muito esforço, ou ingrediente mirabulante. O famoso, cozinhar com Amor e gostar do que faz! :DD 300g de pescado branco
06 colheres de sopa de molho bechamel, ou creme de leite light (usei o creme de leite)
05 claras
01 gema
Buquês de brócolis cozidos em água e sal, picado
Sal e pimenta a gosto
.
Molho de tomate temperado com pimentões e azeitonas para acompanhar.
.
Tempere o peixe com sal e pimenta e cozinhe. Quebre-o em pedaços. Reserve. Bata as claras em neve com uma pitada de sal e reserve. Misture a gema, o molho, o peixe e por último as claras em neve. Unte e enfarinhe uma fôrma. Faça uma camada de brócolis e sobre esta, coloque a mistura do souflê. Polvilhe com parmesão ralado e leve para assar em banho-maria, por aproximadamente 40 minutos, ou até que esteja dourado. Sirva acompanhado do molho vermelho.

Receita: Ana Anita.

26/05/2009

Assado de Espinafre com recheio e a Maratona logo cedo...

Primeiro vou contar a história de um tal espinafre, que "si ou si", tinha de sair pro almoço. Todo mundo aí está careca de saber o quanto gosto de carne... :)  Mas pensando em muitos que
sempre passam por aqui e não são tão apreciosadores dos prazeres da carne... Resolvi fazer esta receita... 

O fato é que estava sem espinafre em casa, para o feito do dia seguinte, mas eu com uma baita preguiça, não fui ao mercado, deixei para o dia seguinte.

No dia seguinte, fui comprar o "dito". Primeiro supermercado... Não tinha. Tá tudo bem. Pode acontecer. Mas, como tem vários aqui e estava disposta a caminhar, fui ao segundo...

Já de inicio não o vi nas gondolas. Então perguntei a um repositor:

-Tem Espinafres? (em português)
- Não, não tem. (em espanhol)

Tá... como o objetivo era forte...Fui ao terceiro, eu já um pouco discrente do espinafre.

No terceiro, a mesma situação, Não Tinha! affff

Gente só pra vocês terem uma idéia, a coisa assim foi,  a hora passando, eu caminhando e chingando me estressando.

- Mas que..."õacp*@dh#5%&ft! "

E olha que nunca me estresso com estas coisas... Sou um mimo de people! :DD hehehehe 

E assim a coisa foi, todo o lugar onde eu via verduras na porta, entrava, e nada. Até que numa
 quitanda pequeniiiiina, lá estavam meus Espinafres sorrindo e me esperando... Era o último maço! :)

Bom, eu no início disse que seria Vegetariana, mas depois desta??? 

cênumtápensandoqueeuiafazeristo100%vegetarianoné?!? :D

Coloquei uns presuntinhos, mas caso tu não goste, DELETA da receita, substitui ou cria a seu gosto.
INGREDIENTES
01 Massa pronta de Forno (pode ser folhada ou não)
01 Maço de espinafre escaldado em água quente e bem escorrido (tomara que não ande tanto
 para encontrar quanto eu!)
01 copo de requeijão cremoso (250g)
100g de queijo parmesão ralado
Temperos a gosto (sal, pimenta, orégano)
03 ovos inteiros

RECHEIO
06 tomates inteiros sem pele e sem sementes
Presunto em cubos
Mussarela
Unte uma assadeira retangular, tipo estas de fazer pão caseiro, estenda a massa, deixando sobras nas beiradas, para fazer tipo este babado depois que estiver terminado e an
tes de levar ao forno. Reserve.

Comece pelos tomates. Passe-os pela água fervente por um minuto, retire coloque em água fria, para retirar a pele (está na dica da semana aí do lado). Pele-os retire as sementes, e deixe-os de
 boca pra baixo para escorrer bem os líquidos. Recheie com um pedaço generoso de presunto e mussarela. Coloque-os na forma já com a massa, um ao lado do outro com o recheio virado para cima.

Num recipiente a parte, junte os outros ingredientes, misture bem. Coloque na fôrma reservada com os tomates, nos intervalos onde tem espaços livres. Aperte bem este recheio para que os tomates, fiquem bem firmes.

Com a massa que sobrou nas beiradas, faça uma espécie de babado (bem rústico), leve para assar, em forno pré-aquecido, por uns 40 minutos, ou até que esteja bem dourado.
Dica: Pode pincelar a massa caso queira, eu não pincelei!

22/05/2009

Matambre ao Leite e o almoço lá pelas tantas...

Gente, confesso que não sou aquelas madrugadeiras, que acordam junto com o sol maravilhoso da manhã, e com o canto da passarada... Sou mais aquela tipo "Fiona - Ogro", que bate no passarinho pra ver se fica quieto, pra dormir mais um pouquinho e aproveitar a cama... ai ai! E como é bom... Como diz uma tia minha, a cama é melhor depois que a gente acorda, porque aí vemos o quanto ela é boa e não enquanto dormimos, que não vemos nada... CONCORDO COM A TIA! :DD

Se bem que desta vez, me passei... Na noite anterior, fiquei navegando no mundo internético e nem me dei conta da hora... como dormi muiiiito tarde, a consequencia, acordar tarde!

Conversa do dia anterior:
Anita:O que faremos amanhã?

Marido: Que tal um Matambre ao leite? (em espanhol)

Anita: Matambre? Hummm... Tá bem! (eu fazendo os gostos pois limpou o pátio... se comportou direitinho!) :D

Então ficamos com a programação do almoço certa, Matambre ao Leite, prato típico aqui do Uruguai. Mas ele demora em ser feito. Sua cocção é lenta e se o fizer de maneira inversa, posso assegurar, fica um elástico de duro!

Bom, até sair da cama, banho, café... eu me enrolar um pouco, e então finalmente, por o "bicho pra assar",  e mais duas horas de forno, a um passo do inferno de tão quente.....(opsss, penitência na próxima missa pela palavra usada! :DD)... o almoço saiu lá pelas tantas das 15:00h...affff

Apesar da demora, da fome aguda, valeu a espera... Ficou bom demais! E aí está a prova do crime...

1,200 kg de Matambre (capa da costela)
01 litro de leite integral
Sal e Pimenta a gosto
Salsa picada a gosto
Ervas secas (orégano, adobo, tomilho)

Tempere a gosto o Matambre, coloque em um refratário de vidro (que possua tampa), junte o litro de leite e a salsa picada. Leve a geladeira, para marinar por no mínimo 08 horas.

No dia seguinte, coloque o matambre numa assadeira com a metade do leite da marinada e leve ao forno, ultra mega power de quente, por mais ou menos 2 horas (isto mesmo), ou até que esteja macio e bem dourado. 

Marinada na noite anterior

Dica: Vá adicionando o restante do leite da marinada, durante o processo de cocção da carne.

20/05/2009

Terrine de Gelatina e Morangos - Lucy Leony

Esta, além de simples é de comer com os olhos... A dica de receita, é da Lucy, membro de nossa Comunidade no Orkut.

Eu achei super prática de se fazer e pro pessoal que já está na época dos morangos...aqui vai a
dica! ;)
01 caixa de morangos
01 caixa de gelatina de morango
200 ml de água quente
100 gramas de ricota
01 copo de leite
02 xícaras de chá de leite em pó
02 colheres de sopa de açúcar
02 envelopes de gelatina em pó incolor
200 ml de água quente

Dissolva a gelatina de morango na água quente. Unte uma forma de bolo inglês com óleo.

Despeje a gelatina de morango e acomode os morangos no fundo da forma. Leve à geladeira até endurecer.

Em uma tigela dissolva os dois pacotes de gelatina incolor na água quente e reserve.
No liquidificador bata a ricota, o leite em pó, o leite, o açúcar e a gelatina. Despeje sobre
a gelatina já endurecida e leve à geladeira por 4 horas ou até endurecer.

Desenforme e sirva com morangos.

RECEITA E FOTO: Lucy Leony.

Aproveitando a carona....Gostaria de agradecer o carinho da Rose do Blog Receitinhas e Frescurinhas, que me dedicou este mimo... Amiga, obrigada pelo carinho!

17/05/2009

Ânimo 0 x Frango com Camarão e Maçã 10

Estes dias ando um pouco desanimada... Nem sei bem explicar ao certo o porque, mas ando! Tinha planejado diferente meu final de semana, mas não aconteceu... (até ia participar do dia do amarelo,mas por conta disto...não deu!)

Ninguém é de ferro e tem dias que o que a gente mais quer é uma bela cama para ficar deitada (de preferência o dia todo de pijama e andando de pantufa, com direito a mimos e agrados)... Como diz minha amiga Dri... OI? :)  

Neste dias, em que apesar de tudo, tu ainda presa por uma boa comida, o melhor é a cozinha express, tudo no vapt-vupt, mas sem deixar a qualidade e o prazer do comer bem...

Então, queria algo rápido e que tivesse um sabor agradável, pra ver se dava um "gásssss". Algo com sabor adocicado e de combinação diferente, para aguçar o paladar, mas que não fosse nada complicado. 

Garanto que foi uma goleada do frango contra o ânimo! :)

Frango ao Molho de Camarão e Maçã

INGREDIENTES
06 sobrecoxas sem osso, temperadas a gosto (sal, pimenta, alho)
04 maçãs verdes pequenas (ou 02 grandes)
200g de camarão pré-cozido
250ml de vinho branco
200ml de creme de leite
Tempero verde a gosto
02 colheres de sopa de manteiga
05 colheres de sopa de açúcar

Em uma frigideira anti aderente aquecida, coloque um fio de azeite com 01 colher de sopa de manteiga, depois que estiver derretida, coloque os pedaços de sobrecoxa, e doure dos dois lados. Acrescente o vinho, deixe evaporar (uns 5 minutos), acrescente o creme de leite. 

Descasque a metade das maçãs, e corte-as em cubos. Junte ao molho. Adicione os camarões. Deixe que reduza até espessar. Depois do molho encorpado, polvilhe o tempero verde e sirva.

Em uma frigideira a parte, coloque a outra colher de sopa de manteiga, o açúcar e o restante das maçãs cortadas em cunhas (com a casca), deixe até que estejam carameladas (uns 5 minutos). Sirva como guarnição.
RECEITA: Ana Anita.

14/05/2009

Ossobuco ao Molho de Vinho

Início de inverno, e por aqui a coisa esfria mesmo, não brinca em serviço... Mas, como tudo tem seu lado positivo, e na mesma proporção que o frio vem se aproximando, vamos aquecendo a alma e a barriga com comidinhas mais encorpadas... Me animo e vou pra cozinha!

Sabe aquela bela desculpa do inverno, para comer mais e depois usar aquele casaco enoooorme, o qual abriga confortavelmente a barriguinha adquirida nos meses de inverno austral e, pra aqueles que, como eu, ficam meio tipo os ursos, praticamente hibernando nesse período, e por consequência... reduzindo grandemente sua atividade metabólica... óh dó! :( ... (prometo este ano, mesmo no inverno, me mexer mais! :D ) Isto aqui é a perdição dentro de um prato! Experimente.


06 ossobucos bovino
02 colheres de sopa de manteiga
02 colheres de sopa de óleo
500ml de vinho branco
400 gramas de tomate maduro sem pele e sem sementes
01 talo de aipo (opcional)
50 gramas de bacon em cubos pequenos
02 dentes de alho
Pimenta do reino
Farinha de trigo
01 caldo de carne (dissolvido em 1/2 litro de água quente)
01 cenoura em cubos
01 cebola em cubos
Sal

Com uma faca afiada, fazer incisões na faixa de gordura ao redor dos ossobucos, passar na farinha de trigo e amarrar com uma volta de barbante para manter a forma.
.
Picar a cebola, o alho, a cenoura, o aipo e o bacon e levar ao fogo com o óleo e a manteiga. Fritar até murcharem, em fogo baixo. Reserve. Dourar os ossobucos dos 02 lados, quando estiverem bem dourados, regar com o vinho branco e, assim que tiver evaporado (cerca de 3 minutos), juntar parte do caldo de carne, o tomate, e o refogado reservado.
.
Transfira para uma assadeira e leve ao forno bem quente, por aproximadamente 2 horas, ou até que o ossobuco esteja bem macio. Vá juntando mais caldo de carne à medida que o molho comece a secar. Pouco antes de terminar o cozimento, acerte sal e pimenta se necessário.
.
Servir com o próprio molho do cozimento acompanhado de purê de batatas.

11/05/2009

Milho, Ets e um bolo super fácil ...

Apesar de muitos afirmarem em algumas lendas indígenas, que o milho foi trazido por ETs  há muito, muito tempo atrás e nos foi ensinado o cultivo e preparo para diversos fins, principalmente na alimentação, não deixa de ser curioso e de dispertar aquele ar de folclore e do imaginário sobre este, que é um dos produtos mais utilizados em nossos pratos, até pela cultura que acompanha os vários países da America latina.

Bom, e se o Milho surgiu dos Ets ou se daqui por diante, cada vez que formos comer milho, lembrarmos deles, isto eu não sei, só sei que é bom demais! :D

E se falando de milho, não podemos deixar de associá-lo com bolos, e estes a sabores, que nos remetem a lembranças da infância e dos bolos que nossas avós nos faziam... Não chegar a estas associações é quase impossível, porque quem não gosta de um bom bolo de Milho, macio, úmido e de preferência, prático??? 

Então,  se tens boas lembranças de sua infância, ou se sua visita chegou para o chá e te pegou desprevinida(o)... Este Bolo pode ser a solução rápida, para matar saudades ou para o lanche, e ainda de quebra, te render bons elogios. Aproveite e deguste, já que é super fácil de se fazer... 

INGREDIENTES
03 ovos (gemas e claras separadas e batidas em neve)
01 lata de milho verde (sem a água)
01 lata de leite condensado
100g de coco ralado
04 colheres de sopa rasas de trigo
01 colher de sopa rasa de fermento para bolos

Bata no liquidificador as gemas, o milho, o leite condensado, o coco  e o trigo até que esteja bem cremoso. Retire e transfira o creme para um recipiente, adicione o fermento e as claras batidas em neve delicadamente para dar volume a massa. Misture bem.

Coloque em assadeira untada e enfarinhada. Leve ao forno quente (180°C) por aproximadamente 30 minutos.

Dicas: 
  • O bolo irá crescer bem  enquanto assa, porém abaixa quande se retira do forno. Isto é normal, porque vai muito pouca farinha de trigo, portanto, é normal se acontecer. 
  • Fica bem úmido. 
  • Pode colocar calda ou decorar a gosto, isto é opcional.
RECEITA: Internet - Adaptada por Ana Anita.

08/05/2009

Las Empanadas...

Estar de passagem, por motivo de visita, passeio ou pra fixar moradia em países latinos e não provar das Empanadas...é pura heresia!
.
No Brasil não são tãããããão conhecidas, pois lá temos os (também famosos) pastéis... Mas lhes asseguro que são coisas totalmente distintas, até porque as primeiras tem massa mais grossa e podem ser feitas ao forno, e os segundo, massa fina e somente fritos, porque assados...ninguém merece!
.
As Empanadas, são geralmente de recheios picantes e quase sempre apresentadas assadas, mas por ter a vantagem de serem fritas também, são quase unanimidade nos bares por estas bandas. Sei que, pode não ser o mais saudável, mas a fritura, a meu ponto de vista e paladar, ressalta seus sabores, tornando-se um prato perfeito para aperitivos e happy hour com amigos. E pelo motivo de ter tantas opções de recheio, isto torna-se um passeio entre sabores e degustá-las e algo fantástico...
.
É característica deste quitute, um alto teor de gordura, que faz com que o recheio esteja sempre muito úmido. Nas empanadas de carne vacuna (as mais tradicionais), é comum que o recheio consista de carne moída, cebolas, azeitonas e ovos duros, tudo isso embebido em uma generoooooosa quantidade de manteiga.
.
Como disse, é uma comida típica de bar, sendo servida no contexto de uma refeição rápida, um lanche, aperitivos (as minis) ou, quando degustada em restaurantes, como entrada.

Carne e Bacon

INGREDIENTES
01 caixinha de Creme de Leite
60g de banha de porco (caso não tenha ou não goste, substitua por manteiga)
Uma pitada de sal
Uma pitada de açúcar
Farinha de trigo até dar ponto (+ ou – 250g)
Banha de porco para fritar (pode substituir por óleo)

Carne e Bacon

PREPARAÇÃO
Misture todos os ingredientes e vá adicionando o trigo aos poucos, até dar ponto na massa de esticar com rolo, ela fica bem elástica. Corte em discos do tamanho desejado. Recheie as empanadas normalmente. Feche-as dando pequenos beliscões nas bordas. Deixe descansando 1 hora. Frite em banha bem quente até que estejam douradas.

Calabresa e Queijo

RECHEIO

Ao gosto e paladar do freguês, só faça sempre bem temperadas... Eu usei:
  • carne vacuna com bacon e ovos duros
  • calabresa e queijo (pode colocar requeijão cremoso, aí fica o bicho!)
  • doce de leite e chocolate branco

Doce de Leite e Chocolate Branco

Dica: Caso faça as subistituições não terá um produto típico, porém, fica igualmente saborosa!

06/05/2009

Oração pelas Mães...

E a todas as mães... Mas em especial a minha, que está tão longe de mim e ao mesmo tempo tão perto, pois a carrego comigo todos os minutos do meu dia em meu coração e sempre que preciso de proteção ou carinho, está em meus pensamentos...

Pai...
Tu, sendo Deus, quiseste mostrar
entre nós tua face materna...
Por isso criaste todas as Mães!
.
Peço-te por minha mãe,
sinal concreto e visível de teu amor entre nós.
Multiplicai os seus dias em nosso meio!

Acompanha-a em todo riso
e em toda lágrima,
todo trabalho e toda prece,
todo dia e toda noite!
.
Que tua bênção cubra de luz
a vida de minha mãe para que,
inundada de ti, ela seja sempre mais a
Presença do divino em minha vida.
Amém!

Sérgio J. de Souza





.

04/05/2009

Delícia de Pêssego e Bolo com Recheio de Coco - Fabrine Pacífico

Mais uma excelente participação em nossa comunidade no Orkut da Fabrine...um mimo de guria...e vejam que maravilhas!
.
Delícia de Pêssego


1ª Camada :
Massa
01 e ½ copo ( tipo americano) de farinha de trigo
½ copo (tipo americano) de açúcar
01 ovo inteiro
60g de manteiga
.
Amasse tudo até ficar uma mistura homogênea. Deixe descansar por 20 min na geladeira. Depois disso forre um pirex, fure com o garfo e leve pra assar até dourar2
.
2ª Camada Creme:
Leve ao fogo
03 copos (tipo requeijão) de leite
01 lata de leite condensado
03 colheres (sopa) de maisena
02 gemas peneiradas
01 colher (sopa) de manteiga
.
Misture tudo e deixe cozinhar até virar um mingau grosso, (mexendo sempre) depois de cozido retire do fogo e acrescente 1 caixa de creme de leite e misture rapidamente. Após isso coloque o creme em cima da massa já assada.
.
3ª Camada:
Fruta (Pêssego) ou fruta de sua preferência
.
Corte o pêssego de maneira desejada (cortar em filetes) e arrume em cima do creme
.
4ª Camada Creme de Laranja:
Leve ao fogo
01 copo (tipo requeijão) de suco de laranja peneirado
02 colheres (sopa) de maisena
01 xícara de açúcar ( ou de acordo com seu paladar)
.
Misture tudo e mexendo sempre até formar um mingau ralo. Coloque por cima da fruta já cortada, espere esfriar e leve pra gelar.
.
Obs.: No dia seguinte fica mais saboroso.
.
Bolo com Recheio de Coco
MASSA:
175 g de farinha;
100 g de margarina ou manteiga em temperatura ambiente;
100g de açúcar;
06 colheres (sopa) leite;
03 ovos;
01 colher (sopa) fermento em pó;
01 colher (sopa) de cacau em pó ou 02 colheres (sopa) de chocolate em pó
.
Bata a manteiga e o açúcar até ficar uma mistura esbranquiçada, junte as gemas, uma a uma. Acrescente a farinha, o leite e o chocolate em pó. Mexa bem, acrescente o fermento e misture mais um pouco Bata as claras em neve e incorpore-as delicadamente na massa.
.
RECHEIO:
100 g de coco ralado;
50 g açúcar;
01 clara de ovo;
1/2 colher (sopa) de fécula de batata ou de amido;
.
Bata a clara em neve e junte os restantes ingredientes.
.
Montagem na Fôrma:
Fôrma com furo central untada e enfarinhada: coloque a metade da massa, depois coloque o recheio e por último a outra metade da massa. Levar em forno pré-aquecido 180º, mais ou menos 40 min. ( depende de seu forno)
.
Obs.: Se preferir pode colocar calda de chocolate por cima.
.
RECEITA E FOTO: Fabrine Pacífico.

01/05/2009

Frango com Ervilhas

Como prometido aqui está o frango que fiz na última de nossas reuniões... Leve, com colorido agradável, de fácil elaboração e sabor rico, é a dica para um jantar junto aos que gosta e sem muito esforço.
.
Aproveite para serví-lo com um arroz branco, salada verde (usei rúcula) e um bom vinho, que desta vez ficou por conta do Pepe, e nao decepcionou na escolha da bebida, estava ótimo!
.
No mais, é elogio garantido!

03 peitos de frango sem osso, divididos ao meio rendendo 06 partes
Temperos a gosto
Fatias de presunto
Fatias de queijo Mussarela
06 cebolas em lâminas
02 dentes de alho em lâminas
01 pacote de ervilhas frescas
Sal e pimenta a gosto
Ervas secas para polvilhar
.
Tempere os frangos e deixe marinando por pelo menos 2 horas. Frite as cebolas em um fio de azeite, até que estejam bem douradas. Em uma frigideira ao lado, frite o alho, junte um pouco da cebola já frita e adicione a ervilha, coloque sal e pimenta. Reserve.

Frite os peitos de frango em um pouco de azeite bem quente, apenas para lhes dar cor. Arrume-os em assadeira, e coloque sobre cada pedaço uma parte das cebolas fritas, uma fatia de queijo e de presunto, ervas secas. Coloque entre os pedaços as ervilhas, e leve ao forno para gratinar (uns 20 minutos). Sirva com arroz, salada verde e um bom vinho.

Bom Apetite!